I Seminário sobre Combate ao Lixo no Mar

O I Seminário sobre Combate ao Lixo no Mar, realizado no Rio de Janeiro entre os dias 6 e 8 de Novembro, teve como organizadores o IO-USP, a ONU Meio Ambiente e o Ministério do Meio Ambiente.

Com representantes de vários estados litorâneos do país, o evento proporcionou um nivelamento de informações sobre o tema. O debate foi fomentado por dados de pesquisas e  projetos/ações relacionados à temática, apresentados por membros da academia, poder público nacional, instituições do terceiro setor e do setor privado, que também elencaram os desafios e as próximas etapas para avanços em busca do controle dessa ameaça aos oceanos.

A discussão abordou os impactos causados aos organismos marinhos e aos seres humanos, colocou em pauta o processo relacionado aos resíduos sólidos desde sua geração até sua chegada e permanência no mar, indicando ferramentas oceanográficas para contribuir com a compreensão do problema e ações de educação ambiental para maior conscientização e sensibilização sobre o tema. O Programa Nacional de Resíduos Sólidos, as atitudes dos consumidores, o consumo, as possibilidades de transição para a economia circular, as responsabilidades do setor privado, entre outros, também foram temas debatidos, demonstrando a complexidade e a interdisciplinaridade do tema.

 

O seminário também objetivou a mobilização dos setores envolvidos com o tema, visando a elaboração do Plano Nacional de Combate ao Lixo nos Mares, indo ao encontro com o compromisso voluntário internacional assumido pelo Brasil no Dia Mundial dos Oceanos (08/junho/2017). Esse plano, cuja elaboração ocorrerá de maneira participativa, será uma adaptação à realidade brasileira de planos existentes em outros países, buscando consolidar as ações nacionais em curso e elaborar diretrizes multi-setoriais para a solução do problema.

Uma das primeiras iniciativas para a construção do Plano Nacional de Combate ao Lixo nos Mares foi o lançamento de um questionário online para expandir a coleta de informações a todos que não puderam participar do Seminário. O questionário pode ser acessado aqui: https://goo.gl/PYAsjL.

 

Para mais informações assista os vídeos do evento, que foi registrado na íntegra:

Compartilhe